PROJETO ESPORTE COMUNITÁRIO

20181024_145246

Nome da Entidade/Pessoa Proponente

INSTITUTO UNIMED SANTA CATARINA FL CHAPECÓ

CNPJ/CPF do Proponente

11407122000547

Segmento

Área

Data Inicio Projeto

30/11/-0001

Data Final Projeto

30/11/-0001

Município

Chapecó/SC

Responsável pelo Projeto

Danielle Morales

PRONAC

Lei de Incentivo correspondente ao projeto

Incentivo ao Esporte

Valor da Proposta

R$ 158.694,86

Valor Captado

R$ 31.753,00

Percentual Captado

Site do Proponente/Projeto

https://institutounimedsc.org.br

Descritivo sobre a Entidade proponente do projeto / Descritivo currículo pessoa proponente

O Instituto Unimed Santa Catarina é um organização da sociedade civil, com atuação em 22 micro regiões do estado.

Etapas do Projeto

A execução das atividades do projeto fundamenta-se na prática e desenvolvimento das modalidades do handebol e basquetebol, com as modificações necessárias, de acordo com as individualidades dos alunos. Para alcançar os objetivos, é necessário organização, coordenação, parceiros, alunos motivados e escolas apoiadoras. O projeto não faz distinção de gênero, contemplando tanto meninos quanto meninas. Os alunos são divididos em turmas no momento da aula levando em consideração a quantidade e a idade dos participantes para realizar as atividades. As aulas são ministradas de forma simples e descontraídas, com utilização de dinâmicas específicas. Entendendo o esporte como um instrumento importante no desenvolvimento da pessoa, especificamente em crianças e adolescentes, em sua dimensão física, mental, social e cultural, o projeto Esporte Comunitário prevê atender cerca de 200 crianças e adolescentes com faixa etária de 08 a 14anos, estudantes da rede pública de ensino do município de Chapecó. Além da prática das modalidades, o projeto visa a prática da cidadania, envolvendo os participantes do projeto. Faz parte do projeto um calendário com palestras educativas na área da saúde, prevenção e educação, sob a coordenação dos profissionais da Unimed, observando a realidade das crianças envolvidas, assim como, suas famílias e região em que está sendo praticada esta atividade. No início do ano letivo começa a organização do projeto, onde a coordenação realiza uma reunião com todos os públicos envolvidos no projeto: (coordenadores responsáveis, professores, escolas, parceiros e demais interessados) a fim de socializar os objetivos e ações do projeto, delegando as responsabilidades, para posterior formalização das parcerias e padronizar as atividades oferecidas. Também são realizadas as cotações e a compra de materiais e contratação de serviços, como: lanche, professores, auxiliares, além da tomada de preços com empresas de confecções para a aquisição dos uniformes que constam dos seguintes itens: camisetas e bonés. Estes uniformes promovem uma identificação do participante do projeto, além de proporcionar maior conforto e flexibilidade durante a realização das aulas. O processo de seleção consiste no interesse dos alunos em participar do projeto, que tenham idade entre 8 e 14 anos, que tenham uma frequência regular nas aulas, sendo exigido no mínimo 75% de frequência. E uma condição imprescindível é que todos os alunos estejam matriculados em escola pública. Após a seleção dos alunos, ocorre o preenchimento de ficha de inscrição, assinada pelos pais e/ou responsáveis. Em atendimento à Lei Geral de Proteção de Dados, as informações sensíveis dos alunos e pais serão descartadas após a aprovação da prestação de contas. Ressalta-se que o projeto é oferecido aos alunos de forma gratuita, não sendo cobrada nenhum tipo de taxa, mensalidade ou ingresso. No decorrer do ano serão realizadas avaliações por meio de pesquisas com os alunos e escolas, com o objetivo de perceber a relação entre o projeto e a melhora nos estudos dos beneficiários diretos. A cada bimestre a coordenação do projeto solicita às escolas os boletins dos alunos para análise da frequência e rendimento escolar. Os participantes do projeto também fazem uma avaliação oral e/ou escrita expressando assim seu interesse no desenvolvimento das atividades propostas. Caso o resultado das avaliações não seja positivo, são realizadas novas reuniões com a equipe de execução para definir estratégias que contribuam para melhorar o desempenho. Também são realizadas a cada trimestre uma reunião com os pais e/ou responsáveis, para apresentação dos principais resultados. Nestes encontros, ocorrem palestras para fortalecer a promoção e prevenção à saúde.

Objetivos do Projeto

Desenvolver nos alunos, habilidades físicas, psicomotoras e sociais, oportunizando-lhes o acesso ao esporte e ao desenvolvimento de cidadania, por meio de exercícios lúdicos e ações sócio educativas. Além de promover o desenvolvimento através do esporte, o projeto dissemina práticas cooperação e de promoção da saúde por meio de atividades educativas, culturais e de lazer.

Justificativa do Projeto

O Instituto Unimed Santa Catarina é constituído sob forma de associação. É uma pessoa jurídica sem fins lucrativos, de direito privado e de caráter educacional, cultural social, ambiental de pesquisa, desenvolvimento e de apoio às diversas manifestações de cidadania, com autonomia administrativa e financeira. O Instituto vem valorizando muitas ações sociais no Estado e uma delas é o estímulo ao esporte atendendo a crianças e adolescentes de escolas públicas. As modalidades variam conforme a região e o interesse dos participantes do projeto, sendo eles, tênis, futsal, handebol, futebol de campo, xadrez, atletismo, natação paraolímpica e surf. Os projetos do Instituto Unimed Santa Catarina destinam-se a comunidades em situação de vulnerabilidade social e procura desenvolver ações de responsabilidade social na área da criança e adolescente, jovens e portadores de deficiência. O municipio de Chapecó Desenvolve as modalidades de  handebol e basquetebol, tendo em vista os esportes abordados no momento da educação física na escola e com pouco incentivo a preparação como “escolinhas”. O handebol é um esporte que exige concentração, habilidade, resistência física, agilidade e companheirismo, principalmente quando se está jogando em equipe, além de ser divertido e atraente. Outro aspecto relevante a ser pontuado, é a falta de oportunidade para o público infantil de dar continuidade a modalidade de handebol, em função da ausência de patrocínio por parte do poder público e privado. O basquete é um esporte coletivo que possibilita o desenvolvimento motor e psicológico amplo se praticado de forma correta sendo orientado por um bom profissional que respeite as limitações físicas e maturidade emocional dos praticantes.   O esporte é um veículo para a educação, a sua prática implica na absorção de valores fundamentais como respeito ao próximo, regras de civilidade e convivência, disciplina e muitos outros. O esporte não deve ser limitado e acessado por poucos, deve favorecer a todos que tem interesse e disponibilidade. Não é objetivo principal transformar os participantes do projeto em atletas e sim orientá-los para o exercício da cidadania e contribuir para melhores índices de saúde e desenvolvimento, tanto dos alunos como de seus familiares. Ressalta-se que o Instituto Unimed Santa Catarina NÃO POSSUI CAPACIDADE DE ATRAIR INVESTIMENTOS, atendendo ao disposto no inciso II do artigo 24 do Decreto 6180/2007, em virtude do projeto Esporte Comunitário não possuir característica e finalidade de apelo comercial. Em relação à justificativa da conveniência de utilização de apoio financeiro com recursos incentivados, complementa-se ao descrito que o Instituto Unimed Santa Catarina procura desenvolver na comunidade em geral a cultura da doação. Desta forma, estimula as pessoas físicas a doarem parte de seus tributos em projetos cuja aplicação se dá na própria cidade, promovendo integração entre os envolvidos: governo, escola pública, comunidade e os beneficiários. O Instituto Unimed Santa Catarina tem a responsabilidade de acompanhar a execução do projeto, mobilizar equipes de trabalho voluntário e captar recursos de parceiros. O projeto também contempla outras atividades que visem à cidadania através de palestras, oficinas, trabalhos interdisciplinares, atividades culturais, com o intuito de formar cidadãos comprometidos com o seu futuro, com o futuro do município e com a qualidade de vida da região. Para isto conta com parceiros que auxiliam no desenvolvimento e na manutenção do projeto através de auxílios fundamentais como: ações educativas envolvendo palestras com profissionais abordando temas como: alimentação saudável, higiene, saúde bucal e cidadania. Por todas as ideias apresentadas, a execução deste projeto justifica-se pela comprovação de que o esporte proporciona a essas crianças e adolescentes mais qualidade de vida, promoção da saúde, fortalecimento das relações sócio afetivas, o desenvolvimento físico, mental e social, ampliando, assim, a concepção de direito ao esporte e lazer em todas as suas dimensões.    

Público Alvo do Projeto

Número de escolas atendidas: 4 escolas municipais. Número de crianças atendidas: 200 crianças. Idade: 8 a 14 anos de idade. Praticas Esportivas desenvolvidas: Basquebol e Handebol
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest

49 3321 2800 | acic@acichapeco.com.br

Av. Getúlio Vargas, 1.748 N, Chapecó/SC – 89805-000